Camisinha antirrompimento é lançada

Pedro.Saude - 17 de junho de 2016 - 13:24

Camisinha antirrompimento é lançada

Estrutura hexagonal garante que o preservativo não estoure, afirma fabricante; preço é bem mais alto que modelo tradicional

(CCM SAÚDE) — Um novo modelo de camisinha, desenvolvido pela empresa sueca Lelo, promete eliminar qualquer risco de o preservativo estourar durante a relação sexual. A explicação está no formato do produto, composto por 350 pequenos hexágonos. Caso um deles se rompa, os demais se recompõem e impedem vazamentos. Assim, para que a camisinha estoure seria necessário que cada um dos hexágonos fosse rompido.

Em comunicado, a companhia explica que a opção pelos hexágonos para formar o Hex, nome dado ao preservativo, foi baseada na natureza. "Não era o material, o látex, que precisava mudar, era a estrutura. Os hexágonos são a forma perfeita da natureza para algo que seja leve e resistente ao mesmo tempo", informou a Lelo. Como exemplo, a empresa cita o formato das colmeias e do grafeno.

Além disso, a fabricante garante que o produto promove maior prazer pela falta de risco de romper e também por sua estrutura se localizar toda na parte interna da camisinha.

Tantos benefícios se refletem no preço do preservativo, bem mais caro que modelos tradicionais. Ainda sem previsão de chegar ao mercado brasileiro, a Hex já é vendida na Europa por 14 euros (R$ 54, aproximadamente) a caixa com 12 unidades. Com base na conversão desta sexta-feira (17), cada camisinha sai a R$ 4,50.

Foto: © Pixabay.
Siga o CCM Saúde no Twitter