Enfisema pulmonar mata mais homens

Joana.Saude - 10 de julho de 2015 - 20:49

Enfisema pulmonar mata mais homens

Causado principalmente pelo tabagismo, enfisema pulmonar pode matar até três vezes mais homens do que mulheres

(CCM SAÚDE) - Um novo estudo na região da Ásia-Pacífico sugere que homens com enfisema pulmonar, também conhecida como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), seriam mais propensos a morrer ou ser hospitalizados do que as mulheres.

O enfisema é uma doença progressiva que torna difícil a respiração. Provoca tosse com muita fleuma, chiado, falta de ar, dor no peito e outros sintomas.

O consumo de cigarro é a sua principal causa, o que também pode ocorrer a partir de uma exposição prolongada a outros agentes irritantes pulmonares, tais como a poluição do ar e emanação de fumaças.

"O aumento global da DPOC é particularmente grave na Ásia-Pacífico, onde é muito elevada a prevalência de dois fatores de risco para a DPOC: o consumo de cigarro e a poluição do ar em ambientes fechados, causando morte e aumentando a gravidade da doença", disse o Dr. C. Wan Tan, do Hospital St. Paul, em Vancouver, no Canadá.

Para compreender melhor a epidemiologia da doença na região, Dr. Tan e sua equipe analisaram dados de agências de estatísticas de saúde nacionais para o período de 1991-2004.

Os autores descobriram que a taxa de mortalidade masculina em 2003 situou-se entre 3,5 e 6,4 por 10.000 habitantes, enquanto que a taxa para mulheres foi entre 2,1 e 3,5 por 10.000 habitantes.

"O fardo crescente de DPOC na região da Ásia-Pacífico justifica a realização de investigação e análise mais aprofundadas para aumentar a conscientização sobre a doença e suas causas", alerta Tan. "É importante também fortalecer a população nas estratégias mais amplas de controle do tabaco", conclui o autor.

Foto: © Pixabay.