H1N1 matou 1.775 pessoas em 2016 no Brasil

Natali.Saude - 25 de agosto de 2016 - 09:12

H1N1 matou 1.775 pessoas em 2016 no Brasil

Estado mais afetado foi São Paulo, com 737 óbitos em decorrência do vírus, seguido pelo Paraná

(CCM SAÚDE) — Desde o início do ano até o dia 13 de agosto, 1.775 já morreram em decorrência do vírus H1N1 no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Para se ter uma ideia do aumento nesse número, em 2009, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia por esse subtipo de influenza, o Brasil registrou 2.060 mortes por H1N1 ao longo do ano todo.

São Paulo foi o estado mais afetado, com 737 mortes por H1N1, seguido por Paraná, com 206 mortes e Rio Grande do Sul, com 182 mortes. Em 2015, o Brasil registrou 36 mortes por H1N1.

Neste ano, o vírus chegou antes do previsto, atingindo uma população vulnerável por ainda não ter tomado a vacina. Segundo o Ministério da Saúde, 49,9 milhões de pessoas já receberam a vacina de gripe este ano, número que superou a meta de imunizar 80% do público prioritário do país.

Foto: © rangizzz - Shutterstock.com

Siga o CCM Saúde no Twitter