Equipamento brasileiro trata o HPV

Pedro.Saude - 8 de setembro de 2016 - 12:22

Equipamento brasileiro trata o HPV

Aparelho desenvolvido pela USP recebeu certificação da Anvisa; pesquisadores planejam uso em dois anos

(CCM SAÚDE) — Um equipamento desenvolvido por uma equipe da Universidade de São Paulo (USP) trata infecções pelo Papilomavírus humano (HPV) e pode passar a ser utilizado na rede pública de saúde em cerca de dois anos. O primeiro passo já foi dado: recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) certificou o aparelho, que já foi testado em humanos com sucesso.

O equipamento funciona de modo simples. A paciente recebe um creme que deve ser aplicada na vagina um dia antes da consulta com o médico especialista. No consultório, o aparelho emite uma luz de LED que interage com a pomada e extingue as lesões. O procedimento é indolor, diferentemente de tratamentos convencionais, que queimam a região lesionada.

Durante a pesquisa, o grupo comandado pelo professor Vanderlei Bagnato tratou 70 mulheres com lesão grau 1 (mais leve) no colo do útero. O tratamento pioneiro foi capaz de eliminar as lesões em todas as voluntárias. O objetivo dos pesquisadores agora é tratar lesões mais graves com a luz de LED.

"Nós esperamos que nos próximos dois anos essa técnica atinja maturidade para ser disponibilizada para a ginecologia brasileira para o tratamento das nossas mulheres”, apontou Bagnato.

Foto: © Olena Yakobchuk - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter

Última modificação: 8 de setembro de 2016 às 12:22 por Pedro.Saude.