4 em 10 mortes por infarto são de mulheres

Natali.Saude - 14 de setembro de 2016 - 09:45

4 em 10 mortes por infarto são de mulheres

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, inserção da mulher no mercado de trabalho pode ser explicação

(CCM SAÚDE) — O infarto, antes considerado uma doença masculina, tem acometido cada vez mais mulheres. Prova disso é que, há 50 anos, a cada dez mortes por infarto, uma era de mulher. Agora, esse número subiu para quatro, segundo a Associação Brasileira de Cardiologia.



Alguns fatores de risco para a ocorrência do infarto são o colesterol alto, diabetes, hipertensão, menopausa, tabagismo, sedentarismo, uso da pílula anticoncepcional, transtorno de ansiedade e depressão e estresse - que poderia, inclusive, explicar o aumento do número desses casos, devido ao fato de a mulher ter conquistado bastante espaço no mercado de trabalho ao longo dos anos.

Uma forma de prevenir o infarto em mulheres, além de não fumar, praticar exercícios físicos e cuidar dos hábitos alimentares, é fazer um check-up cardiológico, principalmente as mulheres que têm algum fator de risco ou histórico familiar. Após a menopausa, é imprescindível a visita ao cardiologista.

Foto: © chaoss - Shutterstock.com

Siga o CCM Saúde no Twitter