Abcesso na virilha: sintomas e tratamento

Faça uma pergunta
O abscesso é um acúmulo de pus que se dá em qualquer tecido, órgão ou outra região do corpo. O abscesso na virilha, também chamado de abscesso inguinal, é aquele que se forma nesta região específica do corpo, próxima aos órgãos genitais.


Definição de abscesso na virilha

Um abscesso na virilha é um abscesso que se desenvolve na região da virilha, parte do corpo situada entre a coxa e o tronco. Como todos os abscessos, este corresponde a um acúmulo de pus que, durante sua evolução, destrói pouco a pouco os tecidos que o cercam.

Causas do abscesso na virilha

O abscesso na virilha é provocado, na maior parte das vezes, por uma infecção localizada e possui os mesmos sintomas que uma inflamação. A infecção, em geral, é causada por bactérias. Em alguns casos, a lesão pode ir aumentando de tamanho ao longo do tempo.

Sintomas do abscesso na virilha

Os sintomas do abscesso na virilha são, principalmente, inflamação e pus no local do abscesso. Além disso, podem haver quadros de dor localizada, calor na região afetada e sensibilidade ao toque. Por fim, se houver perfuração do abscesso, há risco de escoamento do pus.

Diagnóstico do abscesso na virilha

A combinação entre um exame clínico e o relato do paciente ao médico em geral é suficiente para diagnosticar um abscesso inguinal. Para determinar o tamanho e profundidade exata da infecção, o médico pode solicitar um exame de sangue, ultrassom ou ressonância magnética (raramente necessários nos abscessos inguinais superficiais) e uma punção para realizar antibiograma e identificar a bactéria que está provocando a infecção.

Tratamento do abscesso na virilha

Na maior parte das vezes, o uso de antibióticos é a primeira medida para o tratamento do abscesso na virilha. Seja o abscesso superficial ou profundo, o pus deve ser retirado. Existem duas possibilidades para esta retirada: drenagem ou cirurgia, esta última realizada em caso de abscessos mais graves. Para evitar que o abscesso reapareça, coloca-se um dreno ou tecido absorvente que evacua o pus restante. O tecido deve ser trocado a cada 48 horas.

Foto: © namtip Studio - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também