Jovens obesos têm problemas de mastigação

Jovens obesos têm problemas de mastigação
Estudo conduzido em São Paulo mostra que eles têm hábito de comer apenas de um lado da boca

(CCM SAÚDE) — A obesidade e o fato de jovens mastigarem mal os alimentos estão diretamente relacionados, isso já se sabe. O que uma pesquisa descobriu agora é que jovens obesos têm mais problemas de mastigação.

"Observamos frequência maior de alterações nos músculos da face e de hábitos prejudiciais à nutrição nos jovens com sobrepeso ou obesidade do que nos com peso normal", conta a pesquisadora Paula Midori Castelo, ligada ao Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em Diadema.

Para chegar a essa conclusão, a equipe liderada pela pesquisadora avaliou 230 adolescentes com idade entre 14 e 17 anos, que foram filmados pelos investigadores enquanto mastigavam. Os vídeos foram analisados por uma fonoaudióloga, que avaliou a forma de mastigar de cada um dos voluntários.

A alteração constatada que mais se sobressaiu foi o costume de mastigar apenas em um dos lados da boca. Nenhum dos participantes tinha cárie ou qualquer problema na arcada dentária que levasse a esse comportamento.

"O alimento precisa ser jogado de um lado para o outro, formar um bolo uniforme para evitar a formação de bolhas de ar que dão desconforto e atrapalham a digestão", ressalta a pesquisadora. Como a mandíbula deixa de atuar igualmente nesse processo, "também podem haver alterações na estrutura de um dos lados do arco dentário", completa Castelo.

Foto: © kwanchai c - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter