Cientistas detectam câncer por exame de urina

Natali_CCM - 19 de dezembro de 2017 - 10:07
Cientistas detectam câncer por exame de urina
Novidade, criada por pesquisadores japoneses, indica a existência de tumores rapidamente e sem incisões

(CCM SAÚDE) — Com o objetivo de reduzir o tempo de detecção do câncer, pesquisadores japoneses criaram um equipamento que identifica a existência de tumores pela urina dos pacientes.


Mais acurado que os métodos tradicionais e não invasivo, o dispositivo pode abrir caminho para a criação de técnicas mais eficazes para descobrir outras doenças.

Publicado na revista 'Science Translational Medicine', o estudo mostra que é possível detectar vesículas extracelulares (EVs), presentes em fluidos como a urina, e têm microRNAs, que indicam a presença de problemas no organismo, incluindo os tumores.

"A análise de microRNAs nas vesículas extracelulares de urina (EVs) é importante para a realização de diagnósticos de doenças de forma precoce, simples e não invasiva. No entanto, existe a dificuldade em analisá-las, e foi o que nos propusemos a estudar nesse projeto", diz, ao jornal 'Correio Braziliense', Takao Yasui, professor do Departamento de Engenharia Biomolecular da Universidade de Nagoya, no Japão, e um dos autores do estudo.

Composto por uma rede de nanofios e fluidos, o aparelho analisa eletricamente as moléculas presentes na urina. Os pacientes que participaram do teste tinham tumores de pâncreas, fígado, bexiga e próstata e o dispositivo identificou quantidades maiores de sequências de microRNAs nos voluntários com câncer, na comparação com outros métodos de diagnóstico.

Foto: © Brian Jackson - 123RF.com