Cientistas criam ossos do ouvido em impressora

Natali_CCM - 21 de dezembro de 2017 - 09:50
Cientistas criam ossos do ouvido em impressora
Novidade substitui os ossículos, pequenos ossos que ajudam na percepção auditiva

(CCM SAÚDE) — Uma descoberta feita por cientistas estadunidenses pode ajudar a minimizar traumas e infecções no ouvido, especialmente nos ossículos, por meio de sua recriação com uma impressora 3D.


Tão sensíveis quanto os tímpanos, os ossículos (martelo, estribo e bigorna) transferem as vibrações do tímpano para a cóclea, que leva o som por impulsos nervosos ao cérebro. Atualmente, quando danificados, são substituídos por próteses, mas as taxas de falha ainda são altas.

Essa realidade pode ser mudada com uma criação de cientistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, que fizeram próteses em impressoras 3D, customizando-as de acordo com o paciente. Assim, as peças se ajustam com perfeição ao ouvido.

Estima-se que, com essa tecnologia, a prótese seja feita no momento do procedimento cirúrgico, melhorando as taxas de sucesso da cirurgia. "Se podemos presumir que o tamanho incorreto é uma causa bastante provável de falha dos métodos atuais, então, criar uma prótese customizada, que caiba com precisão no paciente, é uma boa alternativa", afirma Jeffrey Hirsch, líder da pesquisa.

Os cientistas destacam, no entanto, que essa cirurgia será possível apenas para indivíduos que perderam a audição por conta de infecções ou danos aos ossículos.

Apesar de promissoras, as próteses ainda apresentam alguns pontos a serem ajustados, como o não uso de materiais biocompatíveis e ausência de testes funcionais. "As próteses atuais são feitas de titânio ou minerais. Não há como imprimir esses materiais em escala tão pequena ainda", diz Hirsch.

Foto: © dolgachov - 123RF.com