Campanha para vacinar mais jovens contra HPV

Natali Chiconi - 14 de março de 2018 - 09:03
Campanha para vacinar mais jovens contra HPV
Ministério da Saúde pretende vacinar 10 milhões de meninas e meninos e reforçar dose de meningite C

(CCM SAÚDE) — A vacina contra o vírus HPV teve, nos últimos anos, uma busca aquém do esperado pelo Ministério da Saúde. Para garantir maior proteção, a organização anunciou uma nova campanha para vacinar 10 milhões de meninos e meninas.


De acordo com a entidade, esse número alto de jovens que ainda devem ser vacinados representa 80% da população-alvo e a iniciativa se deve ao fato de estudos indicarem que a prevalência do papilomavírus humano ultrapassa os 50% no Brasil.

A faixa de vacinação contra o HPV para os jovens segue a mesma: entre 9 e 14 anos para as meninas. Para os meninos, a idade é entre 11 e 14 anos. A vacina do HPV previne casos de câncer de colo de útero, câncer anal, de pênis, vulva e orofaringe.

Vale destacar que essa vacina deve ser tomada em duas doses - a segunda seis meses depois da primeira. No último ano, grande parte das pessoas que se vacinaram na primeira leva não retornaram para tomar a segunda dose.

A campanha contra o vírus HPV será realizada ao mesmo tempo que o reforço da vacinação contra a meningite C. Nesse caso, a primeira dose é aplicada até os 4 anos de idade e, agora, o Ministério da Saúde pretende focar em meninos de 11 a 14 anos e meninas de 12 e 13 anos.

Para organizar essas campanhas, o governo gastou mais de R$ 500 milhões na compra de 14 milhões de vacinas contra o HPV e quase a mesma cifra para adquirir 15 milhões de doses para meningite C.

Foto: © Jarun Ontakrai - 123RF.com