Idosos com HIV no Brasil: aumento de 103%

Natali_CCM - 26 de março de 2018 - 09:40
Idosos com HIV no Brasil: aumento de 103%
Falta de cuidados e comércio de medicamentos para disfunção erétil são principais causas

(CCM SAÚDE) — Idosos com mais de 60 anos e que possuem o vírus HIV são cada vez mais frequentes. Essa tendência é mundial e, se nada for feito, estima-se que, em 2030, 70% das pessoas nessa faixa etária serão portadoras do vírus.


Dados do Ministério da Saúde acenderam esse sinal de alerta. Segundo a organização, em dez anos, o número de idosos com HIV cresceu 103%. Parte disso se deve à grande oferta de medicamentos para disfunção erétil e falta de política para discutir o problema.

Apenas em 2016, foram registrados 1.294 casos de HIV em idosos, segundo o mais recente Boletim Epidemiológico - crescimento de 15% no número de infectados. Em 2015, o aumento foi de mais de 50% em relação a 2014. O pior ano foi 2017, com 2.217 casos da doença.

O alerta para o crescente número de idosos que contraem Aids não é apenas brasileiro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), se esse ritmo permanecer da mesma forma, em 2030, 70% da população mundial com mais de 70 anos será portadora do vírus HIV.

Para combater esse aumento dos casos, especialistas recomendam a discussão do uso de camisinha por esse grupo de pessoas, já que as campanhas atuais englobam apenas pessoas mais vulneráveis como homossexuais, profissionais do sexo, transgêneros, usuários de droga injetável e presidiários.

Foto: © Dmitriy Shironosov - 123RF.com