Falta de doses adia vacinação contra a gripe

Natali_CCM - 4 de abril de 2018 - 08:26

Falta de doses adia vacinação contra a gripe

Instituto Butantan, que fornece a vacina, diz que não há contrato com o Ministério da Saúde

(CCM SAÚDE) — A vacinação contra a gripe, causada pelo vírus influenza, geralmente tem início em meados de abril, porém, neste ano, será adiada em diversos municípios brasileiros por falta de doses.



Por ora, o Ministério da Saúde informa que não há prazo definido para o início da vacinação, porém o Instituto Butantan, que fabrica as vacinas, diz que está pronto para entregar as doses, mas ainda não tem contrato com o Ministério.

A instituição afirma que produziu 5 milhões de doses com antecedência utilizando a verba do ano passado e tinha expectativa de entregar 60 milhões de doses até o final de maio, quando a campanha nacional deve ser finalizada.

Embora não confirme datas, o Ministério da Saúde diz que a campanha será realizada entre abril e maio, garantindo a prevenção de pessoas mais vulneráveis antes do inverno.

Anualmente, a vacina da gripe é fornecida, gratuitamente, para crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos, profissionais de saúde, indígenas, pessoas privadas de liberdade, portadores de doenças crônicas e professores de escolas públicas ou privadas.

Foto: © goodluz - 123RF.com