Chá de artemísia pode tratar a malária, diz estudo

Pedro.CCM - 27 de abril de 2018 - 07:53
Chá de artemísia pode tratar a malária, diz estudo
Composto da planta é base de medicamento contra a doença; pesquisa defende uso natural

(CCM SAÚDE) — O chá de artemísia, planta originária da Ásia, pode ser o método mais eficaz de combate à malária, aponta estudo coordenado pela associação filantrópica francesa Maison de l'artemisia (em português, Casa da Artemísia).


Atualmente, a artemisinina, composto principal da planta, é a base principal do tratamento da malária. Sua descoberta, em 2015, rendeu o Prêmio Nobel de Medicina à chinesa Tu Youyou e deu origem aos medicamentos denominados ACT, que já vem sendo utilizados para o combate à doença em diversos países africanos.

Porém, o grupo de cientistas africanos, estadunidenses e europeus reunidos em torno da Casa da Artemísia vem realizando pesquisas que demonstram que o chá da planta, utilizado há milênios na medicina tradicional chinesa, pode ser ainda mais eficaz do que a terapia ACT.

Estudo com mais de mil pessoas realizado pelo grupo na República Democrática do Congo revelou que os pacientes infectados com malária que foram tratados com o chá de artemísia apresentaram taxa de eliminação parasitária de 99,5% enquanto o ACT teve nível de apenas 79,5%.

Isso se explicaria, segundo os pesquisadores, pelas mais de 200 moléculas presentes na artemísia, como flavonoides, taninos, óleos essenciais e zinco. "O fato de a artemísia ser altamente eficaz indica que outros produtos químicos presentes em suas folhas são tão importantes quanto a artemisinina na luta contra o parasita", diz a professora Pamela Weathers ao jornal francês 'Le Monde'.

Dados desse e outros estudos sobre o tema, no entanto, ainda levantam muitos debates sobre a aplicação da medicina tradicional no mundo moderno. A Organização Mundial da Saúde (OMS) não encampou os testes feitos com chá de artemísia e exige maiores controles de pesquisa para garantir a segurança e eficácia do tratamento natural.

Foto: © kostrez - 123RF.com