Excesso de fast food pode dificultar gravidez

Natali_CCM - 7 de maio de 2018 - 09:07

Excesso de fast food pode dificultar gravidez

Estudo informa que alimentação gordurosa aumenta em um mês o tempo para engravidar

(CCM SAÚDE) — Mulheres que ingerem fast food quatro ou mais vezes por semana demoram um mês a mais do que as outras para engravidar, segundo um estudo recente, que confirma o benefício das frutas nesse processo.



Publicado no 'Human Reproduction', o estudo avaliou 5.598 mulheres de Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Irlanda, que contaram aos cientistas o que comeram no mês anterior ao início de suas gestações dos primeiros filhos.

Após esse levantamento, os pesquisadores descobriram que as mulheres que tinham ingerido frutas menos do que três vezes em uma semana levava, em média, um mês a mais para engravidar do que as que comiam frutas três ou mais vezes por dia.

"Os resultados mostram que uma dieta de qualidade, com muitas frutas e mínimo consumo de fast food, melhora a fertilidade e reduz o tempo de se engravidar", afirmou Claire Roberts, líder do estudo e professora da Universidade de Adelaide, na Austrália.

Na média geral, as chances de as mulheres não engravidarem no primeiro mês de tentativa foi de 8% entre as entrevistadas. Mas essa porcentagem subia para 12% entre as mulheres que comiam poucas frutas e 16% para as que consumiam fast food excessivamente (quatro ou mais vezes por semana).

"Frutas e vegetais contêm uma variedade de antioxidantes e fitoquímicos que podem beneficiar a fertilidade", diz a pesquisa, que, no entanto, não identificou relação com o alto consumo de peixe a maiores chances de engravidar.

Foto: © Subbotina Anna - Shutterstock.com