Chocolate amargo reduz estresse e inflamação

Pedro.CCM - 8 de maio de 2018 - 10:58
Chocolate amargo reduz estresse e inflamação
Produto com 70% de cacau também pode apresentar efeitos sobre memória, humor e imunidade

(CCM SAÚDE) — O consumo de chocolate amargo, com 70% de cacau na composição, pode reduzir o estresse e processos inflamatórios, bem como melhorar a memória, o humor e o funcionamento do sistema imunológico, apontam estudos.


Duas pesquisas, ambas realizadas na Universidade de Loma Linda, nos Estados Unidos e coordenadas pelo professor Lee Berk, demonstraram, ainda de maneira preliminar, os efeitos positivos da ingestão de chocolate 70%.

Na primeira, foi observada a ação do chocolate sobre as células imunológicas e neuronais. Nela, os pesquisadores puderam perceber aumento da ação anti-inflamatória do organismo e da hiperplasticidade do cérebro, ou seja, da capacidade cerebral de aprender e memorizar conteúdos.

Já no segundo experimento, voluntários foram submetidos a um eletroencefalograma 30 e 120 minutos depois de terem ingerido 50 gramas de chocolate amargo. Em ambos os momentos, o doce modulou a frequência cerebral para níveis associados à saúde cerebral e melhora comportamental, reduzindo o estresse.

Foto: © Mariusz Blach - 123RF.com