Nova droga para enxaqueca é aprovada nos EUA

Natali_CCM - 22 de maio de 2018 - 08:36
Nova droga para enxaqueca é aprovada nos EUA
Novidade será aplicada em forma de injeção mensal com um dispositivo semelhante à caneta de insulina

(CCM SAÚDE) — Quem sofre com enxaqueca ganhou um novo recurso para combater o problema. Isso porque os Estados Unidos aprovaram o primeiro medicamento para combater a forma mais grave das dores de cabeça.


Segundo a agência regulatória FDA (Food and Drug Administration), o remédio, fabricado pela Amgen e pela Novartis, chama-se Aimovig (erenumab-aooe) é será aplicado em uma injeção mensal com um dispositivo semelhante a uma caneta de insulina.

Nos EUA, seu valor aprovado é de US$ 6.900 por ano (cerca de R$ 25,5 mil). No Brasil, no entanto, ainda não há previsão de chegada do medicamento, que deve ser usado apenas por pacientes adultos.

O funcionamento da nova droga se dá da seguinte maneira: ela bloqueia um fragmento de proteína, a CGRP, relacionada ao gene da calcitonina, uma molécula que envolvida nos ataques e na permanência da enxaqueca no paciente.

Para que fosse aprovado, o Aimovig passou por diversos ensaios clínicos, com inúmeros pacientes. Os efeitos colaterais mais comuns relatados foram reações no local onde foi aplicada a injeção e constipação.

Três vezes mais comum em mulheres do que homens, a enxaqueca afeta mais de 10% das pessoas em todo o mundo. O principal sintoma é uma intensa dor latejante em uma área da cabeça. Náusea, vômito, sensibilidade à luz e ao som também podem estar presentes.

Foto: © Maridav - Shutterstock.com