Computador detecta câncer de pele com precisão

Natali_CCM - 29 de maio de 2018 - 10:21

Computador detecta câncer de pele com precisão

Sistema de inteligência artificial superou o diagnóstico dos médicos dermatologistas

(CCM SAÚDE) — Uma equipe de pesquisadores anunciou um computador que detecta melhor que os dermatologistas indícios de câncer de pele. Por meio de inteligência artificial, ele acertou em todos os casos de melanoma.



Especialistas da Alemanha, França e Estados Unidos submeteram mais de 100 mil imagens de lesões e pintas na pele ao computador, que deveria distingui-las entre benignas e alarmantes.

Na sequência, os resultados do sistema foram comparados com os de 58 especialistas médicos de 17 países. "A maioria dos dermatologistas fez pior do que o computador", escreveram os pesquisadores na publicação 'Annals of Oncology'. Segundo a pesquisa, os médicos identificaram corretamente 8,7% dos melanomas apresentados.

Já o computador teve um acerto de 95% ao examinar uma série de fotografias. Essa conquista, segundo os especialistas, reduziria drasticamente as operações desnecessárias e funcionaria como instrumento complementar de diagnóstico.

"Atualmente, nada pode substituir um exame clínico em profundidade", lembraram dois professores australianos de Dermatologia, Victoria Mar e Peter Soyer, em comentário publicado.

Atualmente, os casos de melanoma maligno chegam a mais de 230 mil por ano em todo o mundo, segundo o Centro Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, órgão da Organização Mundial da Saúde (OMS). 55 mil mortes são decorrentes dessa questão de saúde.

Foto: © SERGEI PRIMAKOV - Shutterstock.com