Mais de mil cidades podem ter surto de dengue

Pedro.CCM - 12 de junho de 2018 - 11:02
Mais de mil cidades podem ter surto de dengue
Estudo revelou índices perigosos de infestação do Aedes em 22% dos municípios do país

(CCM SAÚDE) — Os novos dados do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) apontaram que 1.153 cidades do país, sendo duas capitais, apresentam alto risco de sofrer surto de dengue, zika ou chikungunya neste ano.


Os números, divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (11), se baseiam em testes de infestação predial realizados em 5.191 municípios brasileiros. Nas mais de mil cidades em risco, a taxa de infestação está acima dos 4%.

Além disso, 2.069 municípios estão em alerta, com níveis de 1% a 3,9% de infestação. Por fim, 1.711 cidades apresentaram índices satisfatórios, abaixo de 1%, o que significa que a possibilidade de surto ainda este ano é muito baixa.

Entre as capitais, 20 delas realizaram o LIRAa. Neste grupo, Cuiabá e Rio Branco são as únicas classificadas na categoria de risco. Outras 15 capitais, incluindo Brasília, ficaram em alerta e apenas três - Aracaju, João Pessoa e São Paulo - estão com níveis de infestação satisfatórios.

O número de casos de doenças transmitidas pelo Aedes caíram em 2018 em relação ao ano passado. No somatório da dengue, zika e chikungunya, os dados apontam que houve 134.523 casos confirmados até o dia 21 de abril. No mesmo período de 2017, um total de 225.584 pessoas haviam sido infectadas.

Foto: © seanjoh - 123RF.com