Novo tratamento elimina manchas do vitiligo

Pedro Muxfeldt - 19 de julho de 2018 - 07:41
Novo tratamento elimina manchas do vitiligo
Método bloqueia anticorpo que faz a doença voltar após interrupção de tratamentos convencionais

(CCM SAÚDE) — Um tratamento inovador promete eliminar 100% das manchas brancas ligadas ao vitiligo e manter a pele livre desses sinais por anos.


É o que aponta um estudo da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos publicado na revista 'Science Translational Medicine'. Na pesquisa, os cientistas identificaram que a 'memória' da pele, ativada por células-T chamadas de TRMs, faz com que as manchas no corpo voltem a aparecer após o fim dos tratamentos convencionais.

Em análises feitas em humanos e ratos, o grupo percebeu também que as TRMs se associavam a um receptor da interleucina-15 (IL-15), um anticorpo que ativa o sistema de defesa do organismo. Nos camundongos, os pesquisadores bloquearam a ativação da IL-15 e isso fez com que as manchas desaparecessem em dois meses.

A expectativa dos cientistas é de que em um ano sejam realizados estudos com humanos e que os resultados se mostrem tão eficientes quanto os observados em ratos.

O vitiligo é uma doença autoimune, ou seja, as células imunológicas do paciente passam a atacar o próprio organismo, se expressa principalmente pela despigmentação da pele em diversas partes do corpo e não tem cura. Os tratamentos atuais reduzem as manchas, mas a taxa de recidiva chega a 40%.

Foto: © Dmitrii Kotin - 123RF.com