Dieta mediterrânea ajuda a tratar osteoporose

Natali Chiconi - 1 de agosto de 2018 - 09:10
Dieta mediterrânea ajuda a tratar osteoporose
Pesquisa indica que regime baseado em alimentos naturais e gordura boa reduz perda óssea

(CCM SAÚDE) — A dieta mediterrânea, baseada em frutas, legumes, cereais e gorduras 'boas' pode ser uma grande aliada no tratamento da osteoporose.


Uma pesquisa inglesa divulgada neste mês, na revista 'American Journal of Clinical Nutrition', aponta que essa alimentação pode reduzir a perda óssea em pessoas com osteoporose. O estudo, conduzido com mais de mil idosos, pode ajudar a desenvolver ações para tratar a doença.

Todos os participantes do estudo tinham entre 65 e 79 anos e foram recrutados na Itália, Reino Unido, Holanda, Polônia e França. Um grupo seguiu a dieta mediterrânea, ao passo que o segundo não mudou seus hábitos alimentares. Depois de um ano, foi medida a densidade óssea de todos os voluntários.

"O osso leva muito tempo para se formar. Então, sabíamos que tínhamos que empreender uma intervenção de no mínimo um ano para verificar quais seriam os efeitos. Ainda consideramos um tempo curto, mas ele foi eficaz para ver resultados", diz, ao jornal 'Correio Braziliense', Susan Fairweather-Tait, professora da Universidade de Norwich Medical School, no Reino Unido, e uma das autoras do estudo.

Quem sofria com osteoporose no colo do fêmur foi o principal beneficiado com a dieta. "O fato de podermos ver uma diferença marcante entre os grupos, mesmo em apenas uma área do corpo, é significativa, principalmente se considerarmos que o tempo de análise não foi tão extenso”, completa Tait.

O próximo passo no estudo é conduzir uma nova pesquisa apenas com pessoas com osteoporose e por mais tempo. A intenção é verificar se esse benefício pode ser observado em outras áreas do corpo. Se confirmada essa hipótese, a dieta mediterrânea se firmará como benéfica para o coração, a mente e o corpo em geral.

Quem deseja adotar a dieta mediterrânea em seu cardápio deve consumir leite e derivados, como o queijo, que é fonte de cálcio, bem como azeite, frutas, legumes e alguns grãos. Tomar sol com moderação para absorver vitamina D também é fundamental, bem como praticar atividade física.

Foto: © gkrphoto - 123RF.com