Cientistas desenvolvem teste universal de câncer

Pedro Muxfeldt - 7 de dezembro de 2018 - 08:20
Cientistas desenvolvem teste universal de câncer
Exame leva apenas 10 minutos, mas não aponta localização ou gravidade da doença.

(CCM Saúde) — Cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, criaram um teste universal de câncer que detecta a doença em apenas 10 minutos.


O trabalho pioneiro foi publicado na revista científica 'Nature Communications', com resultados que apontam para uma taxa de acerto do diagnóstico de 90% em estudos preliminares. A novidade pode alterar por completo a forma como pacientes com suspeita de câncer são examinados, reduzindo a necessidade de biópsias e outros procedimentos invasivos.

O teste foi criado após a descoberta pelos cientistas de que células saudáveis e células cancerígenas se fixam em superfícies de metal de maneira bastante distinta. A partir desse ponto, a equipe separa o DNA suspeito e o coloca em água com nanopartículas de ouro.

Esta solução, apesar de conter ouro, possui cor rosa. Quando interage com DNA cancerígeno, ela mantém sua coloração. Já nos casos em que entra em contato com DNA normal, sua cor se torna azul. No entanto, o teste não é capaz de apontar a localização ou a gravidade da doença.

Nos experimentos atuais, apenas casos de linfoma e câncer de mama, próstata e colorretal foram testados, mas a expectativa dos cientistas é que qualquer forma da doença possa ser identificada com este procedimento. As próximas fases do estudo terão justamente este objetivo, assim como aumentar o número de participantes envolvidos.

Foto: © Juan Gärtner - 123RF.com