Noite mal dormida eleva risco de quedas, diz estudo

Natali Chiconi - 18 de dezembro de 2018 - 09:09
Noite mal dormida eleva risco de quedas, diz estudo
Pesquisadores ingleses descobriram que postura e equilíbrio são prejudicados por noite de sono ruim.

(CCM Saúde) — Uma noite mal dormida compromete a postura e o equilíbrio das pessoas, especialmente idosos. O aumento do risco de quedas foi constatado por estudiosos ingleses.

De acordo com pesquisa da Escola de Engenharia da Universidade de Warwick, publicada na revista ‘Nature’, quem tem dificuldades para dormir, especialmente os mais velhos, têm maior risco de quedas e pior postura.

O resultado foi obtido após os cientistas analisarem o equilíbrio de um grupo de 20 jovens adultos saudáveis (12 mulheres e oito homens). Com a ajuda de sensores vestíveis para monitorar o sono dos voluntários por dois dias consecutivos, os pesquisadores coletaram inúmeros dados, avaliados posteriormente em laboratório.

O resultado foi que apenas uma única noite ruim diminuiu o controle de postura dos participantes. “Esperaríamos efeitos mais dramáticos se esses experimentos tivessem sido feitos em pessoas mais velhas, cuja vulnerabilidade à interrupção do sono, a hipotensão postural e o risco de quedas são muito maiores”, avalia Francesco Cappuccio, chefe do programa Sleep, Health & Society da universidade e um dos envolvidos na pesquisa.

De posse dessas informações, os cientistas agora pretendem focar nas consequências geradas pela má qualidade do sono, prevendo quedas iminentes em idosos. Em alguns casos, podem ser prescritos antidepressivos que não interfiram no sono e reduzam, também, o risco de demência, diretamente ligada às noites mal dormidas.

Foto: © Dmitriy Shironosov - 123RF.com