Infertilidade por endometriose: origem está próxima

Pedro Muxfeldt - 11 de janeiro de 2019 - 08:43
Infertilidade por endometriose: origem está próxima
Deficiência de proteína no útero poderia ser razão para metade das portadoras não poder ter filhos.

(CCM Saúde) — Um estudo de pesquisadores da Coreia do Sul e Estados Unidos ficou mais próximo de descobrir o motivo dos casos de infertilidade em mulheres com endometriose.

Comparando 21 mulheres inférteis e portadoras da doença inflamatória com aquelas sem a doença e capazes de ter filhos, os cientistas identificaram níveis reduzidos da molécula HDAC3, um composto que atua no controle das taxas de diversas proteínas essenciais para a preparação do útero para receber o óvulo fecundado e dar início à gestação.

Além disso, a pesquisa, publicada na revista científica 'Science Translational Medicine', encontrou valores mais elevados de colágeno no útero dessas mulheres, assim como em animais testados. Esse tipo de proteína também impediria certas alterações no útero necessárias para uma gravidez.

Por fim, a equipe de pesquisadores realizou alterações genéticas em ratos para eliminar a presença da HDAC3. No experimento, todas as fêmeas sem esta molécula se mostraram inférteis.

Os especialistas ainda não conseguiram compreender o que causa esta queda no nível de HDAC3 e porque parte das mulheres com endometriose não sofre com a infertilidade. Por outro lado, o estudo abre caminho para novas terapias de reposição que possam prevenir que essas pacientes percam a fertilidade.

Foto: © Diego Cervo - Shutterstock.com