Brasil registrou 140 mil ataques de escorpião

Pedro Muxfeldt - 15 de janeiro de 2019 - 07:25
Brasil registrou 140 mil ataques de escorpião
Em dois anos, número de casos registrados sofreu aumento de 54%; mortes, por outro lado, caíram.

(CCM Saúde) — O número de acidentes provocados por escorpião tem crescido em todo o Brasil. Em apenas dois anos, o total de casos subiu 54%, segundo o Ministério da Saúde.

Dados preliminares referentes a 2018 indicam que, apenas no ano passado, foram registrados 141,4 mil ataques de escorpião no país. Em 2016, haviam sido 91,7 mil e, em 2017, 125 mil notificações. Já os óbitos causados pela picada do animal caíram: 115 mortes em 2016 contra 88 em 2017. Os números de 2018 ainda não estão disponíveis.

A explicação pode estar no escorpião Tityus serrulatus, espécie que mais causa acidentes. Ela tem sido encontrada em diversas cidades onde não estava presente e nas quais o conhecimento sobre as formas de tratamento podem não ser tão conhecidas.

Em caso de picada, a primeira coisa a fazer é tentar capturar ou tirar uma foto do animal. Em seguida, ir imediatamente a um hospital público da região, onde a espécie será identificada e o tratamento definido. Em 87% dos casos, a aplicação do soro não é necessária. O antiveneno não está disponível em postos de saúde ou na rede hospitalar privada.

Foto: © realityimages - 123RF.com