Dieta vegana traz benefícios a atletas, diz estudo

Natali Chiconi - 22 de janeiro de 2019 - 08:47
Dieta vegana traz benefícios a atletas, diz estudo
Pesquisa indica que vantagens estão na melhora da performance e da recuperação após competições.

(CCM Saúde) — Uma revisão de 77 pesquisas referentes ao veganismo indicou benefícios para atletas profissionais, como melhora da performance e da recuperação após esforços.

Há, ainda, prevenção de complicações cardiovasculares com esse sistema de alimentação, segundo o levantamento, publicado na revista especializada ‘Nutrients’. Atualmente, é grande o número de atletas como maratonistas, jogadores de futebol, tenistas ou nadadores que adotam a dieta vegana, porém seus benefícios não eram totalmente conhecidos.

"Se você treina para sair do sedentarismo ou se for um triatleta, a dieta à base de vegetais é uma ferramenta poderosa para melhorar a performance atlética e a recuperação", diz James Loomis, diretor médico do Centro Médico Barnard, em Washington, e coautor do artigo.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores avaliaram artigos que descrevem deficiências nutricionais e efeitos negativos das dietas tradicionais em atletas. Depois, estudaram os benefícios da dieta que elimina o leite e seus derivados para a saúde cardiovascular, o desempenho e a recuperação dos atletas.

"Surpreendentemente, atletas de alto desempenho podem até ter mais aterosclerose e danos no miocárdio comparado a sedentários, particularmente quando envelhecem", escreveram os pesquisadores.

"Esses estudos mostram que mesmo atletas bem treinados estão em risco significativo para aterosclerose e danos ao miocárdio. O que eles não mostram é se essas mudanças são consequência da atividade atlética ou dos alimentos geralmente utilizados como combustível dessas atividades", destaca Loomis.

Os benefícios do veganismo para atletas estariam na inclusão de ingredientes ricos em fibras e pobres em gordura. Outra vantagem é que esse tipo de regime alimentar influencia o gasto de energia pós-prandial (depois da alimentação), ajudando na saúde cardiovascular.

"Uma dieta baseada em plantas tem o poder não apenas de prevenir doenças cardiovasculares, mas muitas vezes revertê-las", afirma Hana Kahleova, pesquisadora do Comitê de Médicos pela Medicina Responsável, ONG que promove a medicina preventiva. Ela diz que uma dieta vegana associada a exercícios físicos reduz o risco de ataque cardíaco entre 81% e 94%.

Embora a dieta vegana traga benefícios, ela ainda é alvo de preocupações em relação à carência de nutrientes críticos, como ácidos graxos ômega-3, ferritina e vitamina B12 - fundamentais para combater distúrbios neurológicos, anemia e dar força aos ossos.

Foto: © Pressmaster - Shutterstock.com

Veja também