OMS: vacina de HPV é segura e indispensável

Natali Chiconi - 5 de fevereiro de 2019 - 09:04
OMS: vacina de HPV é segura e indispensável
Órgão reitera que a prevenção é a melhor forma de combater o câncer de colo de útero.

(CCM Saúde) — A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que a vacina do HPV é “segura e indispensável para eliminar o câncer de colo de útero”.

Nesta segunda-feira (4), Dia Mundial de Combate ao Câncer, a entidade afastou rumores sobre a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV), destacando que ela é fundamental para evitar o aumento dos casos de câncer de colo de útero.

"Os rumores infundados sobre as vacinas contra o HPV seguem adiando ou impedindo de modo desnecessário o aumento da imunização, que é necessária para a prevenção do câncer cervical", disse Elisabete Weiderpass, diretora do Centro Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (CIIC), vinculado à OMS.

A instituição diz, inclusive, que apenas em 2018 foram diagnosticados quase 570 mil novos casos de câncer de colo do útero no mundo.

"Este é o quarto tipo de câncer mais comum entre as mulheres", disse o CIIC, reiterando que, se a prevenção não aumentar, a doença pode provocar 460 mil mortes por ano até 2040.

Aqui no Brasil, o câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente entre as mulheres. Quarta origem de morte de mulheres por câncer, houve, apenas em 2018, 16,3 mil novos casos e 5,7 mil mortes, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Foto: © Adam Gregor - Shutterstock.com