Mulheres têm cérebro quatro anos mais jovem

Pedro Muxfeldt - 12 de fevereiro de 2019 - 08:43
Mulheres têm cérebro quatro anos mais jovem
Descoberta pode explicar incidência menor de doenças neurodegenerativas entre elas.

(CCM Saúde) — O cérebro de mulheres aparenta, em média, ser quatro anos mais jovem do que o cérebro de homens da mesma idade, aponta pesquisa.

O trabalho, realizado na Universidade de Washington, nos Estados Unidos e publicado no periódico 'PNAS', utilizou um algoritmo para prever a idade dos participantes do estudo a partir de dados sobre o metabolismo cerebral.

Com isso, o computador conseguiu apontar corretamente a idade dos voluntários do sexo masculino. No entanto, entre as mulheres, a máquina estimava, em média, que as participantes tinham 3,8 anos a menos do que sua idade cronológica.

Além disso, essa taxa se manteve estável independentemente da idade dos voluntários. Ao todo, o experimento contou com 121 mulheres e 84 homens entre 20 e 82 anos. "O grande mistério é por quê", diz o pesquisador Marcus Raichle ao jornal 'The Guardian'. "Talvez as mulheres já comecem com essa diferença e isso se perpetue ao longo da vida".

Apesar de ainda não ter conseguido determinar a causa dessa diferença significativa, os cientistas já conseguem eliminar algumas hipóteses, como a participação de hormônios no processo uma vez que as alterações se mantêm mesmo depois da menopausa.

Os pesquisadores também acreditam que o estudo pode ser um passo inicial para compreender por que as mulheres apresentam incidência menor de doenças neurodegenerativas como o mal de Alzheimer do que os homens.

Foto: © Sergey Nivens - Shutterstock.com