Maconha pode gerar infertilidade em homens

Natali Chiconi - 19 de fevereiro de 2019 - 08:02
Maconha pode gerar infertilidade em homens
Estudo identificou que princípio ativo da cannabis gera mudanças no DNA do espermatozoide.

(CCM Saúde) — A maconha pode ser um agente complicador para quem deseja ter filhos. Isso porque a cannabis prejudica a ação dos espermatozoides, gerando riscos reprodutivos.

Estudos anteriores já haviam sugerido que, com a substância, os espermatozoides nadam em círculos. Os gametas também têm seu tamanho e formato alterados. Agora, uma nova pesquisa, que consta na publicação Oxford Academic, indica erros reprodutivos associados ao uso da droga.

Os resultados foram obtidos após avaliações com 24 homens, entre 18 e 40 anos, sendo 12 deles usuários de maconha e outros 12, não. Identificou-se então que o princípio ativo da cannabis, o tetra-hidrocarbinol (THC), provoca mudanças no DNA do espermatozoide.

O ideal para que a quantidade de espermatozoides seja boa é que sua concentração seja de 15 milhões por mililitro. 30% deles devem ter boa morfologia e 32% boa motilidade (capacidade de se mover e ter direção).

Após a pesquisa, os cientistas recomendam que homens que desejam ter filhos permaneçam de três a seis meses Sem consumir a droga.

Foto: © jirkaejc - 123RF.com