Taxa de mortes por AVC cai entre mulheres

Pedro Muxfeldt - 12 de março de 2019 - 10:05
Taxa de mortes por AVC cai entre mulheres
Em seis anos, índice foi reduzido em 11%; doenças cardíacas também apresentaram diminuição.

(CCM Saúde) — A taxa de óbitos por acidente vascular cerebral e doenças cardíacas caiu entre mulheres de 30 e 69 anos, apontam dados oficiais do Ministério da Saúde.

Com base na pesquisa Saúde Brasil 2018, a pasta revelou que a taxa de mortes por estas causas sofreram redução de 11% e 6,2%, respectivamente, entre 2010 e 2016. Estas são as duas principais causas de morte entre mulheres desta faixa etária no país.

Os números positivos indicam bons resultados do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis, ou seja, aquelas condições médicas em geral evitáveis apenas com mudanças no estilo de vida do paciente.

Entre elas estão, além do AVC e doenças cardíacas, diabetes, mal de Alzheimer, obesidade e doenças respiratórias. Essas doenças dividem fatores de risco em comum, como o consumo de cigarro e álcool, sedentarismo e alimentação pouco saudável.

Nos últimos anos, o Ministério da Saúde, no âmbito do Plano de Ações, adotou medidas como a expansão dos serviços de Saúde da Família e os acordos com a indústria de alimentos para a redução de sal e açúcar dos produtos industrializados.

Foto: © lenetstan - Shutterstock.com