Campanha pretende vacinar 58 milhões contra gripe

Pedro Muxfeldt - 11 de abril de 2019 - 18:25
Campanha pretende vacinar 58 milhões contra gripe
Imunização se iniciou na última quarta-feira e vai até o final de maio; prioridade serão crianças e gestantes.

(CCM Saúde) — Começou na última quarta-feira (10) a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A previsão do Ministério da Saúde é imunizar 58 milhões de pessoas.

A campanha vai se estender até o dia 31 de maio. No entanto, até 18 de abril, a prioridade serão gestantes e crianças até 6 anos. Durante esse período, esse dois grupos também poderão receber outras imunizações para atualização do calendário de vacinação.

Na sequência, a partir do dia 22, os outros públicos-alvo - idosos com mais de 60 anos, mulheres até 45 após o parto, indígenas, profissionais de saúde, professores, portadores de doenças crônicas e população privada de liberdade - poderão receber a vacina nos postos de saúde de todo o país.

Assim como em anos anteriores, a meta do ministério é vacinar 90% de todo o público. Em 2018, foram justamente as grávidas e crianças que não alcançaram a meta. Além disso, a faixa etária de crianças aumentou de 5 para 6 anos, inserido mais 2,8 milhões no público-alvo da campanha.

De acordo com a pasta, 2019 já registrou, até 23 de março, 255 casos de infecção pelo vírus influenza e 55 óbitos. O caso mais grave é no estado de Amazonas, com 162 notificações e 42 mortes. Por isso, a campanha foi antecipada nessa unidade de federação, onde ocorreu desde 20 de março.

Foto: © goodluz - 123RF.com