Descoberto superfungo resistente a medicamentos

Natali Chiconi - 16 de abril de 2019 - 08:09
Descoberto superfungo resistente a medicamentos
Mais de 20 países registraram doenças provocadas pelo Candida auris, que pode matar.

(CCM Saúde) — Mais de 20 países registraram casos de uma doença causada pelo fungo Candida auris, resistente aos medicamentos disponíveis no mercado.

Embora ainda não haja notificações do problema no Brasil, vizinhos como Colômbia e Venezuela já detectaram o fungo em hospitais. Nos Estados Unidos, Europa e Ásia já houve múltiplos casos de infecção pela levedura, identificada pela primeira vez em 2009, no Japão.

Estima-se que cerca de 90% das infecções causadas por esse fungo sejam resistentes a pelo menos um medicamento. Algumas cepas, inclusive, não respondem a antifúngicos.

Uma reportagem do jornal ‘The New York Times’ alerta para o aumento dos casos nos Estados Unidos, onde já foram reportados mais de 580 casos desde 2013. A reportagem diz que, em Chicago, 50% dos residentes de instituições para idosos testaram positivo para o fungo, que pode crescer e se reproduzir em respiradores e cateteres intravenosos.

Embora faça parte da microbiota humana, a Candida auris é oportunista, ou seja, ataca o organismo quando o sistema imunológico está debilitado. Pessoas já doentes podem até morrer com a infecção.

“O fungo agora está em toda parte. Ele não é transmitido pelo ar, como um vírus, mas por meio do contato com objetos ou mãos infectadas. Em uma pessoa imunossuprimida, a levedura pode provocar feridas, infecções na corrente sanguínea e no ouvido”, avalia Tom Chiller, que dirige o setor de fungos do CDC, o órgão de vigilância e controle de doenças estadunidense.

Segundo especialistas, assim como vem ocorrendo com bactérias, alguns tipos de fungo tornam-se resistentes a medicamentos devido ao uso excessivo desses remédios para combatê-los.

Foto: © blogdanhoda - Shutterstock.com