Taxa de suicídio entre jovens negros é 45% maior

Natali Chiconi - 21 de maio de 2019 - 08:27
Taxa de suicídio entre jovens negros é 45% maior
Ministério da Saúde faz alerta sobre o aumento desse índice em pessoas de 10 a 29 anos.

(CCM Saúde) — Jovens negros têm maior chance de cometer suicídio no Brasil. Dados do Ministério da Saúde indicam que o risco entre 10 e 29 anos foi 45% maior entre esse grupo em relação a brancos.

Quando se fala de adolescentes do sexo masculino, a diferença é ainda maior: a chance de suicídio é 50% maior na comparação com brancos de mesma idade.

Dados de 2016, divulgados na cartilha 'Óbitos por Suicídio entre Adolescentes e Jovens Negros', apontam que o número de suicídio entre jovens e adolescentes brancos ficou estável, ao passo que aumentou 12% entre a população negra. A cada 10 suicídios entre adolescentes e jovens, cerca de seis ocorreram com negros.

Especialistas apontam que o maior risco de suicídio na população jovem negra está relacionado ao racismo estrutural, que causa maior sofrimento e adoecimento entre os jovens.

"O jovem negro, quando está na fase de construir sua própria identidade, a constrói a partir do entendimento de que ser negro é ser inferior, ser feio, ser menos valorizado", explica Rita Borret, presidente da Associação de Medicina de Família e Comunidade do Rio de Janeiro.

"Essa percepção de não pertencimento faz com que esse jovem tenha um sofrimento e um adoecimento muito maior e pode, em muitos casos, levar ao suicídio”, completa a especialista.

Foto: © Ian Allenden - 123RF.com