Empresa quer usar algoritmo para detectar doenças

Pedro Muxfeldt - 18 de junho de 2019 - 10:57
Empresa quer usar algoritmo para detectar doenças
Exame de sangue para diagnosticar câncer e doenças autoimunes pode chegar ao mercado em alguns anos.

(CCM Saúde) — Um exame de sangue simples para detectar doenças tão graves quanto o câncer. A ideia lembra filmes de ficção científica, mas pode estar disponível em poucos anos.

A empresa de biotecnologia Adaptative Technologies, em parceria com a gigante Microsoft, está desenvolvendo um algoritmo capaz de detectar diversos tipos de câncer e doenças autoimunes, como diabetes tipo 1, lúpus e doença celíaca. A novidade foi divulgada em conferência por Peter Lee, vice-presidente de Saúde da Microsoft.

O teste inovador funciona da seguinte maneira. Após a coleta do sangue do paciente, o algoritmo analisa os linfócitos T do paciente para encontrar traços das doenças. Nesse tipo de célula, responsável pela defesa do organismo, estão contidas todas as informações sobre as condições que afetavam aquela pessoa.

Para traduzir esse conteúdo genético dos glóbulos brancos, no entanto, é preciso que o algoritmo acumule muito conhecimento a partir dos linfócitos de pessoas com diagnóstico já confirmado.

Segundo Lee, o avanço obtido pela empresa tem sido intenso. Por mês, a desenvolvedora do exame analisa 100 bilhões de microdados das células para ser capaz de, em alguns anos, colocar o dispositivo à disposição de hospitais e laboratórios.

Foto: © alexraths - 123RF.com