Retocolite

Novembro 2017


Definição

A retocolite hemorrágica faz parte do que chamamos de Doenças Inflamatórias Crônicas do Intestino. Essa patologia é parecida com a doença de Crohn e elas se distinguem por algumas diferenças. Na RCH, que afeta em média três vezes mais homens do que mulheres, a inflamação começa na mucosa do reto para em seguida afetar progressivamente o conjunto do cólon, sem descontinuidade. Na doença de Crohn, as lesões são descontínuas e deixam intervalos de mucosas sadias. A evolução se faz em forma de ataques sucessivos e complicações podem surgir como o câncer de cólon. Essa patologia é de origem desconhecida, mas ela parece enquanto isso ter uma parte hereditária.

Manifestações

A retocolite hemorrágica se manifesta da maneira seguinte:
  • Retorragias, sangramentos de sangue vermelho emitido do ânus;
  • Diarreias, às vezes glandulares;
  • Dores abdominais;
  • Uma alteração do estado geral com perda de peso e apetite;
  • Às vezes sinais não digestivos como dores articulares, sinais cutâneos.

Diagnóstico

O diagnóstico da retocolite hemorrágica se faz através de uma endoscopia do reto e do cólon, durante uma colonoscopia, que revelará as lesões sem intervalo da mucosa saudável.

Tratamento

o tratamento da retocolite hemorrágica requer muito repouso e a utilização de diversas moléculas. Medicamentos como a sulfasalazina ou mesalazina, ou a utilização de corticoides permitem agir sobre a inflamação em períodos de ataques. Outras moléculas como as imunossupressoras são igualmente possíveis. A cirurgia, que consiste em retirar a parte afetada ou a totalidade do cólon, é uma opção quando a doença se apresenta em forma de ataques muitos graves (falamos de colite aguda grave), em caso de suspeita de lesão cancerígena, nos casos de ataques muito invalidantes ou quando os medicamentos utilizados se revelam ineficazes.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 23 de novembro de 2016 às 14:42 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Retocolite', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.