Truta salmonada: como consumir

Julho 2017

A truta salmonada, também conhecida como truta salmão, é uma espécie de peixe cada vez mais frequente no cardápio das pessoas, porém ainda gera dúvidas em relação à sua origem e relação com o salmão.


Origem do nome truta salmonada

Embora seja uma truta, esse peixe ganhou o apelido de salmonada por conta de sua cor rosada, típica do salmão. Para atingir essa cor, a truta passa pelo processo de salmonização, que acrescenta pigmentos à base de lecitina de soja à sua ração, cerca de 60 dias antes do abate.

Semelhanças entre truta salmonada e salmão

Além da cor e do sabor suaves, ambos têm nutrientes importantes para o organismo e são fontes de proteína. Tanto a truta salmonada quanto o salmão também são ricos em ômega 3, vitamina A, selênio, potássio, cálcio, fósforo e magnésio.

Benefícios da truta salmonada

Por ser mais barata que o salmão, a truta salmonada pode facilmente se tornar parte de uma dieta de baixa caloria e baixo teor de gordura, pois fornece proteínas e gorduras insaturadas, mas com teor calórico reduzido. Para se ter ideia de suas propriedades, um filé cru de 100 gramas apresenta no máximo 10% de gordura.

Como preparar a truta salmonada

diversas formas de se preparar a truta salmonada, incluindo na forma de sushi ou assada, cortada em rodelas ou com o peixe inteiro colocado no forno e temperado com ervas aromáticas, molhos etc.

Foto: © Pixabay.

Veja também

Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 11 de julho de 2017 às 15:36 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Truta salmonada: como consumir', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.