0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Aerofagia: causas, sintomas e tratamento


A aerofagia faz parte dos distúrbios digestivos benignos que podem gerar incômodos na vida cotidiana de uma pessoa. Isso porque esse fenômeno fisiológico gera grandes quantidades de ar no trato digestivo, especialmente durante as refeições.


Definição de aerofagia

A aerofagia é uma condição que pode se agravar na presença de algumas doenças, como inchaço abdominal, distúrbio gastrointestinal leve ou complicações na área na região do nariz e faringe. A aerofagia é um termo que deriva do grego e significa literalmente 'ingerir ar'. Ele pode, em muitas situações, gerar constrangimentos, embora não seja grave. É fundamental não confundir a aerofagia com refluxo gastroesofágico, que gera sintomas parecidos. Em caso de queimação, uma consulta médica é fundamental.

Causas da aerofagia

Proveniente de uma dieta inadequada, relacionada ao consumo excessivo de algumas alimentos e bebidas, como as gasosas e açucaradas, a aerofagia também está relacionada ao fato de comer muito rapidamente, que favorece a ingestão de uma grande quantidade de ar. Problemas de ansiedade - especialmente os provocados pelo estresse - estão entre os fatores de risco.

Sintomas da aerofagia

A aerofagia se manifesta com uma sensação de peso no estômago e arrotos, podendo ser acompanhados por flatulências, que são as formas de aliviar os problemas gerados pelo excesso de ar na digestão. Como os sintomas da aerofagia são bastante parecidos com os do refluxo gastroesofágico, uma consulta médica é determinante em caso de dúvidas ou agravamento dos sintomas, com o surgimento de queimações, por exemplo.

Tratamento para aerofagia

Massagens abdominais podem aliviar os sintomas desse distúrbio, além de infusões com plantas medicinais. Alguns medicamentos também podem minimizar os incômodos, porém, quem sofre regularmente com o problema deve ter suas origens analisadas, avaliando a qualidade da alimentação e tratando problemas de ansiedade e estresse.


O mais recomendável para quem sofre de aerofagia é adotar uma alimentação correta, mastigar lentamente e evitar alimentos que favoreçam o surgimento desses sintomas, como bebida gasosa, doces, gomas de mascar, etc. Se a aerofagia é derivada de estresse é essencial controlar a ansiedade, adotando uma terapia adequada ou praticando atividades físicas e de relaxamento. Uma volta isoladas e tratadas a causa do problema, os sintomas devem desaparecer de maneira espontânea.

Foto: © 9nong - Shutterstock.com

Veja também

0 Comentário