Choque anafilático: sintomas e tratamento

Novembro 2017

O choque anafilático é a resposta alérgica mais grave que uma pessoa pode sofrer. Ele pode ocorrer por meio da ingestão ou contato com uma série de substâncias. Se não tratado de maneira emergencial, essa condição pode causar a morte do paciente.


O que é o choque anafilático

O choque anafilático é provocado por uma reação alérgica muito violenta. É também uma das reações alérgicas mais graves que existem e pode causar a morte. Essa reação pode ser causada por alimentos simples, como frutos do mar, leite de vaca e amendoim. Também existe risco de choque anafilático por picada de vespas ou abelhas e alguns antibióticos, assim como o contato com o látex ou produtos utilizados para a anestesia local ou geral.

Sintomas do choque anafilático

Os sintomas dessa reação podem incluir todos os sinais clínicos de um choque, com início repentino a um contato secundário com uma substância que o causou. Coceira, urticária, inchaço da face e lábios e desconforto respiratório relacionado ao edema de laringe podem ser sinais.

Em seguida, observam-se complicação do choque anafilático, que correspondem à insuficiência circulatória aguda, sintomas relacionados à falta de oxigênio nos tecidos, taquicardia, hipotensão, palidez da pele, frieza e cianose das extremidades, confusão ou até mesmo o coma.

Diagnóstico do choque anafilático

Dada a rapidez e emergência do choque anafilático, diagnóstico e tratamento serão realizados simultaneamente. O médico deve, portanto, agir rapidamente após a detecção dos sinais clínicos.

Primeiros socorros do choque anafilático

Ao constatar que uma pessoa está sofrendo um choque anafilático, a primeira medida de uma pessoa sem acesso a equipamentos específicos para tratar o problema é chamar atendimento médico de urgência. No Brasil, deve-se ligar para 192 (SAMU). Até que a ambulância chegue, deve-se verificar a respiração e os batimentos cardíacos do paciente e garantir que ele se mantenha deitado e com as pernas levantadas, garantindo a circulação sanguínea.

Tratamento para o choque anafilático

O único tratamento é a utilização de injeção de adrenalina. É necessário lembrar que o choque anafilático, ou anafilaxia, é uma emergência com risco de vida que requer socorro imediato. É obrigatório buscar auxílio médico com urgência caso os sintomas sejam sentidos.


Após a ocorrência de choque anafilático, é necessária a realização de testes de alergia para determinar o elemento agressor e, em seguida, evitar contato com este elemento. A pessoa deverá então, trazer consigo uma lista de produtos que contenham os itens a que ela é alérgica, bem como a seringa autoinjetável de adrenalina para emergências.

Prevenção do choque anafilático

A pessoa alérgica deve elaborar uma lista de produtos que contenham as substâncias as quais ela é alérgica, bem como injeção de emergência prescrita pelo médico (corticoesteroides ou adrenalina autoinjetável em seringa). É também altamente recomendável ser vigilante e ler a composição de alimentos, produtos e remédios antes de consumi-los.

Foto: © Mr.Smith Chetanachan - 123RF.com
Publicado por luis.saude. Última modificação: 3 de novembro de 2017 às 15:33 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Choque anafilático: sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.