Causas do corrimento vaginal marrom

Novembro 2017

Quando ocorre um fluxo de sangue vaginal amarronzado significa que está havendo a liberação de sangue antigo pelas vias genitais. Frequentes no início da gravidez, também pode ser o sinal, fora da gravidez, de algum desajuste transitório ou de uma patologia subjacente.


Metrorragia ou menorragia

O fluxo vaginal amarronzado é decorrente de sangue procedente da vagina ou do colo do útero. O aspecto marrom ou acastanhado é característico de sangue liberado tardiamente. Estes tipos de sangramento são diferentes da menorragia, que são sangramentos anormalmente prolongados ou intensos, que aparecem em intervalos regulares, e das metrorragias, que são hemorragias uterinas irregulares, frequentes, mas relativamente pouco abundantes.

Fluxos marrons durante a gravidez

Fluxos vaginais de aspectos variáveis - em muitos casos de coloração marrom - surgem com bastante frequência nos primeiros três meses de gravidez.

Causas dos fluxos marrons fora da gravidez

Desequilíbrio passageiro

A hemorragia pode resultar de um desequilíbrio hormonal devido à utilização de contraceptivos orais. Podem ocorrer em caso de esquecimento da pílula ou devido à produção de estrogênio ou progesterona inadequada pelo anticoncepcional.

Cisto de ovário

Os cistos ovarianos surgem devido ao acúmulo de gordura no tecido do ovário. Além de dor abdominal, podem provocar hemorragia uterina de origem diferente da menstruação.

Depois da menopausa

Após a menopausa, este tipo de hemorragia pode ocorrer na ausência de doenças subjacentes, mas também pode ser indicativo da presença de um pólipo no útero, entre outras condições.

Pólipos ou miomas uterinos

A hemorragia pode ser devido ao crescimento de um mioma uterino ou desenvolvimento de pólipos uterinos, que são tumores benignos relativamente comuns que afetam a mucosa do útero (endométrio).

Câncer do colo do útero

Muitas vezes detectado na ausência de sinal de alerta (por exemplo, durante um exame ginecológico), o câncer do colo do útero, ou câncer cervical, pode também ser revelado por diferentes sinais clínicos. A presença de um pequeno sangramento, que ocorre entre as menstruações, após a menopausa ou após relações sexuais é um alerta importante.

Outras causas possíveis

Outras causas incluem infecção e sangramento pós-operatório.

Quando consultar um médico

É necessário consultar um médico em caso de episódios repetidos ou em caso de dúvida sobre a origem do sangramento.

Foto: © Thanapun - Shutterstock.com
Artigo original publicado por p.horde. Tradução feita por Joana.Saude. Última modificação: 13 de março de 2017 às 10:26 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Causas do corrimento vaginal marrom', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.