Salmonelose


Definição

a salmonelose é o conjunto de doenças infecciosas causadas por bactérias do tipo Salmonela. As salmonelas são bactérias que se acumulam no sistema digestivo e podem causar, para a maioria das pessoas, infecções generalizadas, ou septicemias. As bactérias são principalmente transmitidas ao homem através de alimentos contaminados como crustáceos, verduras, ou pelo contato com fezes e roupas infectadas. Existem diferentes tipos de Salmonela, principalmente Salmonela typhi, responsável pela febre tifoide, Salmonela entérica, muito comum nas intoxicações alimentares, e Salmonela paratyphi, envolvida nos dois tipos de problemas. De maneira geral, a infecção se manifesta como uma gastroenterite importante e febril evoluindo durante quinze dias, e cujos sintomas diminuem progressivamente.

Manifestações

as manifestações mais comuns da salmonela, após um período de uma a duas semanas, sem sintomas onde a bactéria se desenvolve após sua passagem por via intestinal, são os seguintes:
  • Durante em torno de uma semana, uma fase chamada de invasão com:
  • Uma febre de elevação regular, até 40°C;
  • Dores de cabeça;
  • Problemas digestivos, principalmente náuseas;
  • Fadiga, às vezes com perda de apetite e peso que se segue;
  • Ás vezes, um aumento de volume do baço pode ser constatado;
  • Depois, sobre uma segunda semana, a fase chamada de estado se coloca em prática com:
  • Uma febre mantida em torno dos 40°C;
  • Sinais digestivos com diarreias e dores abdominais;
  • Uma inversão do ritmo de sono;
  • Às vezes, um aumento do volume do baço.

Diagnóstico

para fazer o diagnóstico, a indicação de uma viagem recente nos países tropicais ou os da África do Norte pode ser evocadora. Um exame de sangue com estudo de marcadores da infecção encontrará de maneira quase sempre isolada um aumento da proteína C reativa (CRP). Um exame de sangue, ou hemocultura, permite encontrar o germe envolvido. Uma sorologia ainda efetuada sobre amostra sanguínea é igualmente um argumento.

Tratamento

o tratamento da salmonelose faz uso de antibióticos. Em paralelo, o paciente deve ser isolado para evitar a transmissão, e os próximos devem ser despistados e tratados se necessário. Um controle das culturas sanguíneas é necessário no fim do tratamento para garantir sua cura. Além disso, a declaração da doença à Agência regional de saúde é obrigatória.

Prevenção

para evitar a proximidade com a salmonela, a água não tratada e os alimentos duvidosos não devem ser consumidos, em particular nas zonas de risco. O instituto de controle sanitário verifica, na França, as boas condições de preparação e conservação dos alimentos. Além disso, uma vacina preventiva existe, que protege contra alguns germes durando três anos. Essa prevenção é recomendada no caso de viagens em algumas zonas do mundo.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:49 por asevere.
Este documento, intitulado 'Salmonelose', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Rubéola
Salpingite