Hiperhidrose

Faça uma pergunta

Definição

os suores abundantes, ou transpirações excessivas, são nomeados na medicina sob o termo de hiperhidrose. Trata-se da produção excessiva de suor pelas glândulas sudoríparas situadas para o essencial na pele. O suor é um mecanismo normal cujo objetivo é a regulação da temperatura corporal. Os suores abundantes podem ser localizados, sobretudo nas mãos, nos pés, nas axilas e zonas de dobras em geral, mas elas afetam geralmente o couro cabeludo ou o rosto. Elas podem ser também generalizadas, sobre a totalidade do corpo. Os suores abundantes são geralmente a consequência de uma disfunção do hipotálamo, uma glândula do cérebro, centro de regulagem da secreção de diversas glândulas do corpo humano. Esse fenômeno pode ter um caráter hereditário, mas também pode ser causado pela obesidade. A hiperhidrose pode ser responsável por um sofrimento psicológico, às vezes muito visível ou na origem de odores julgados como desagradáveis.

Manifestações

os sintomas dos suores abundantes são:
  • Uma transpiração excessiva;
  • Um odor ruim;
  • Roupas molhadas;
  • Estresse, ansiedade.

A transpiração excessiva pode igualmente causar algumas complicações, principalmente o surgimento de micoses, infecções causadas por fungos microscópicos que visam se desenvolver nos meios úmidos e quentes. A sua proliferação é favorecida pela transpiração, principalmente nas dobras ou nos sapatos.

Diagnóstico

o diagnóstico em caso de suores abundantes é geralmente fácil. Um exame físico pode permitir de ver alguns aspectos, principalmente o exame dos pés com a presença de micoses, favorecidas pela transpiração. Alguns testes podem ser utilizados para confirmar o diagnóstico ou quantificar a importância do fenômeno, mas são raramente colocados em prática, além do seu pouco interesse real. Um exame de sangue com principalmente dosagem de TSH será realizado para procurar uma patologia na origem desse sintoma, principalmente uma hipertireoide.

Tratamento

os tratamentos contra os suores abundantes variam em função da gravidade do caso. Se os antisudoríficos, comumente chamados de antitranspirantes não funcionam, é possível utilizar proteções por exemplo em forma de pós a serem colocados nos sapatos. Ela permite a absorção de uma parte do suor, o que diminui os sinais visíveis ou os odores. Outras técnicas podem ser reservadas aos casos extremos tendo uma retenção grave sobre a vida do indivíduo. O tratamento das micoses quando elas estão presentes se somam a esses métodos.
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:49 por asevere.

Este documento, intitulado 'Hiperhidrose', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.