Hipnose: aplicações médicas

A hipnose é um método terapêutico reconhecido que pode ser usado no tratamento de diversas condições mentais e ou mesmo físicas. O procedimento é regulado e se difere completamente da ideia do senso comum que se tem da hipnose, como uma manipulação da mente de uma pessoa por terceiros. Até mesmo por conta disso, profissionais que praticam hipnose médica são proibidos de apresentar a técnica em programas de televisão e outros ambientes públicos.

Hipnose médica

A hipnose é um procedimento terapêutico psiquiátrico regulamentado e reconhecido como "valiosa prática médica" pelo Conselho Federal de Medicina desde 1999. A hipnose médica, também conhecida como hipniatria, deve ser feita por profissional qualificado e sob rigorosos critérios técnicos e éticos.

Como é feita a hipnose

A hipnose médica deve ser realizada em ambiente controlado e com a presença de um psiquiatra especializado. Nestas condições, o paciente é induzido a um estado alterado de consciência por meio da fala do profissional. Em hipnose, o senso crítico do paciente diminui e a capacidade do psiquiatra em influenciar em sensações e reações do paciente. A parte mais importante de um processo hipnótico é o estabelecimento de confiança na relação paciente-psiquiatra. Só assim, é garantido o sucesso do procedimento.

Aplicações médicas da hipnose

A hipnose pode ser utilizada para o tratamento de uma série de condições físicas e mentais. Neste sentido, ela é eficaz para o controle da ansiedade, síndrome do pânico, fobias e quadros de estresse pós-traumático. A hipnose também serve para tratamento da depressão, distúrbios alimentares, distúrbios do sono e disfunções sexuais. Além disso, a hipnose atua na recuperação de pacientes com dependência química, além de tratar doenças psicossomáticas e condições dolorosas por apresentar efeito analgésico e anestésico.


Foto: © casejustin - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 4 de dezembro de 2017 às 15:25 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Hipnose: aplicações médicas', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
O que é artrite: causas e sintomas
Creatinina: dosagem no sangue e urina