Esclerose múltipla - Definição

Novembro 2017


Definição de esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença que afeta o sistema nervoso central, destruindo a bainha de mielina, substância implicada na condução dos impulsos nervosos. É uma patologia descoberta geralmente em jovens adultos que apresentam sinais neurológicos como problemas motores e sensíveis seguidos por recaídas constantes. A doença afeta zonas diferentes a cada recaída.

Nesse contexto, uma ressonância magnética cerebral ou medular permite descobrir as zonas esbranquiçadas, ou seja, as zonas de desmielinização. A doença evolui para invalidez funcional com problemas para caminhar e, em estágios avançados, o paciente pode de cadeira de rodas para locomoção. O tratamento permite diminuir os sintomas nas recaídas e o uso de interferon reduz a evolução da doença. A fisioterapia também é aliada na luta contra a invalidez.
Artigo original publicado por Jeff. Tradução feita por asevere. Última modificação: 26 de outubro de 2017 às 14:56 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Esclerose múltipla - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.