Comichão na vagina: como combater

Novembro 2017

O comichão na vagina caracteriza-se por uma coceira intensa, que pode ser causada por quadros de alergias ou pela candidíase. O comichão pode se manifestar tanto na área interna da vagina quanto na região externa.


Causas do comichão na vagina

As causas do comichão na vagina podem ser desde o uso de calcinhas que não sejam de algodão ou calças jeans diariamente até a presença de fungos ou bactérias, que também podem gerar corrimentos e inchaço. A candidíase, causada pelo desequilíbrio dos fungos que habitam essa região, é uma das principais causas do comichão na vagina.

Sintomas da candidíase

As chances de o comichão na vagina ser causado por candidíase aumentam se houver sintomas como corrimento branco leitoso, com ou sem mau cheiro, dor ao urinar e coceira na região interna e externa da vagina.

Tratamento para comichão na vagina

O tratamento para comichão na vagina depende da sua causa. No caso da candidíase, o médico fará uma avaliação e provavelmente prescreverá antifúngicos orais e pomadas para candidíase. No caso de infecções alérgicas, a origem da alergia deve ser identificada para, então, ser feita a prescrição do tratamento.

Como evitar o comichão na vagina

É recomendado utilizar roupa íntima de algodão, ter uma boa higiene íntima, evitar o uso de calças muito justas, cuidar da alimentação, evitando doces e frituras, e usar preservativo para evitar a contaminação com DSTs.

Remédio caseiro para comichão na vagina

Um preparado de ervas é muito indicado para combater o comichão na vagina, já que possui propriedades antimicrobianas. Alecrim, sálvia e tomilho ajudam a regenerar a mucosa da região e devem ser misturados a 375 mililitros de água fervida. Após deixar a infusão descansar por 20 minutos, coe a mistura e utilize-a para limpar a região duas vezes por dia.

© Barabasa - Shutterstock.com
Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 13 de março de 2017 às 11:32 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Comichão na vagina: como combater', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.