Dissecção aórtica


Definição

a dissecação aórtica, chamada também de aneurisma dissecante da aorta, é o estiramento da parede da aorta, grande artéria que parte o coração para distribuir o sangue em todo o organismo. Esse fenômeno é raro é muito grave, pois ele pode conduzir à ruptura total da aorta e a uma morte certeira. Geralmente essa dissecação é localizada na aorta torácica. Existem enquanto isso diversos tipos de dissecções, classificadas por tipos. Historicamente, essa classificação anatômica é a classificação de De Bakey, estabelecida em função da origem do estiramento e do seu entorno. Distinguimos ainda três tipos: tipo1 que começa na aorta ascendente até a porção descendente, tipo 2 que começa e se localiza unicamente na aorta ascendente, e o tipo 3 que começa e se localiza na aorta descendente. Mais recentemente foi introduzida a classificação de Stanford que hoje em dia é referência de classificação com o tipo A onde a dissecção interessa a aorta ascendente e o tipo B onde ela interessa a aorta descendente.

Manifestações

os sintomas causados por uma dissecção aórtica se manifestam de maneira súbita. Aqui estão alguns deles:
Dores torácicas brutais ou no nível dorsal com sensação descendente dessas dores para baixo;
  • A dor é migratória;
  • Outros sinais clínicos estão ligados a uma complicação dessa dissecção principalmente com o surgimento de um mal estar, um estado de choque, hemorragias...

Diagnóstico

o diagnostico e tratamentos são feitos simultaneamente dependendo da gravidade do caso. Outra observação dos sinais clínicos, o médico efetuará uma radiografia torácica, um eletrocardiograma e um exame de imagem para localização a dissecção, seja um scanner, um IRM ou às vezes uma ecografia em função da disponibilidade desses exames ou grau de urgência.

Tratamento

os tratamentos variam em função dos tipos de dissecção. As dissecções da aorta ascendente (tipo A de Stanford) requerem uma intervenção cirúrgica cardíaca imediata. Quanto às dissecções descendentes (tipo B de Stanford), o seu tratamento é inicialmente feito por cateterismo com colocação de stent e como recurso secundário a cirurgia é ás vezes utilizada.

Prevenção

É necessário prestar atenção ao nível alimentar comendo pouco sal e tendo um acompanhamento regular em caso de hipertensão arterial que é o principal fator na origem das dissecções aórticas.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:48 por asevere.
Este documento, intitulado 'Dissecção aórtica', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Discopatia - O que é e como tratar
Dissecção da Aorta Abdominal