Sarna


Definição

A sarna também chamada de escabiose é uma dermatose (problema de pele) provocada pela presença de um parasita: Sarcoptes scabiei hominis (mais especificamente a fêmea). O parasita põe seus ovos na epiderme. Para isso, a fêmea vai cavar sulcos que às vezes são visíveis. A sarna é uma doença extremamente contagiosa. Em geral, o rosto não apresenta lesões a não ser no caso de recém-nascidos, pessoas imunodeprimidas (sarna profusa) e as pessoas de idade (sarna hiperqueratósica).

Manifestações

Os sintomas da sarna são característicos de bastante coceira transmitida por contato físico com uma pessoa afetada.
Coceiras mais graves à noite;
  • Lesões cutâneas localizadas em pulso, entre os dedos, nádegas, coxas, genitais, umbigo, mamilo;
  • Algumas lesões cutâneas específicas nas palmas, pulso ou entre os dedos chamadas de sulcos escabiosos;
  • Nódulos vermelhos que coçam nos órgãos genitais chamados de nódulos escabiosos.

Nas pessoas de idade ou imune deprimidas, o problema pode ser disseminado ao conjunto do corpo e as coceiras podem ser menos graves.

Diagnóstico

o diagnóstico é feito após um exame clínico. Os sulcos cavados pela fêmea parasita são inconstantes, mas visíveis e característicos da doença. Nas formas profusas ou hiperqueratósicas quase exclusivamente, o diagnóstico pode ser confirmado pela amostra parasitológica. Efetuamos uma amostra de caspa, em ranhuras ou vesículas, para realizar uma observação microscópica.

Tratamento

o tratamento será aplicado ao doente e seu entorno. Para uma aplicação no rosto, é necessário pensar em proteger os olhos. O tratamento pode fazer uso de uma dose única de tratamento via oral de invermectina. Alguns tratamentos locais também são utilizados, e existem vários: o Benzoato de benzila, os piretróides, lindano. Antibióticos podem também ser adicionados em casos de sobre infecção das lesões. O tratamento se acompanha de precauções a serem tomadas para eliminar os parasitas: lavar as roupas, roupas de cama, fronhas de colchões (que estiveram em contato com o doente) a 60 °C. Os elementos que não podem ir na máquina podem ser tratados com a ajuda de um produto antiparasitário. O entorno e as autoridades sanitárias devem ser informados para elaborar uma estratégia de cuidados principalmente quando a zona de infecção é supostamente comum (escolas, prédios comerciais...). O isolamento da pessoa afetada e precauções de higiene habituais são necessárias.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 23 de novembro de 2016 às 14:14 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Sarna', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Foliculite
Gastrite - Sintomas