Espondilolistese


Definição

A espondilolistese é um problema caracterizado pelo deslizamento de uma estrutura da coluna vertebral para frente. Na maioria dos casos, esse fenômeno afeta as vértebras mais caixas, sobretudo na junção entre a coluna lombar e o início da coluna sacra. A localização entra a 4ª e 5ª vértebra lombar é a mais comum: falamos de espondilolistese L4-L5. A causa pode ser:
  • Um defeito na ossificação das partes situadas sobre as laterais das vértebras;
  • Uma deterioração do disco vertebral, frequentemente visto na artrose;
  • Mais raramente, uma fratura de uma vértebra.

A espondilolistese pode não ser responsável por nenhum sintoma, não causando nenhuma dor e ser descoberta durante um exame de imagem, geralmente uma radiografia da coluna (outro nome para a coluna vertebral) feita por outro motivo. Ás vezes, enquanto isso, ela causa dores agudas, sem relação com a importância do deslizamento vertebral. A dor é um critério determinante para decidir sobre a colocação em prática de um tratamento ou não.

Manifestações

a espondilolistese lombar, de longe a forma mais comum, causa:
  • Dores lombares, em relação com a zona afetada, entre a base das costas e o início das nádegas;
  • Dores do nervo ciático, descendo na nádega, ao longo da parte lateral da perna ou sobre sua face posterior, às vezes até o dedão do pé, passando por cima do pé ou o quinto dedo através do talão e borda lateral do pé. O trajeto dessas dores pode variar levemente.
  • Essas dores são aumentadas pelos movimentos e diminuídas pelo repouso.

Diagnóstico

o exame clínico não é suficiente para confirmar a presença da doença, e deve ser completado por uma radiografia da zona da coluna afetada, portanto frequentemente da junção lombo-sacra, de face e de perfil, ou um scanner ou até um IRM.

Tratamento

o tratamento é prescrito em função da dor sentida pela pessoa. Além de um analgésico ou um anti-inflamatório a ser tomado em caso de dor, sessões de fisioterapia são prescritas com o objetivo de obter um reforço muscular dorsolombar, mas também abdominais. O paciente pode ser colocado em repouso durante diversos dias com o uso momentâneo de um corsete, mas ele deve retomar uma atividade normal sem esperar, além de evitar a prática de alguns esportes. A intervenção cirúrgica é feita apenas em problemas sérios do disco vertebral ou quando o risco evolutivo é julgado como sério e permitirá fixar a zona deslocada.

Prevenção

alguns esportes como a halterofilia ou os esportes de contato podem favorecer a espondilolistese. Um acompanhamento das crianças e adolescentes afetados pela lordose ou sofrendo de dores lombares pode permitir um diagnóstico precoce do problema.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:49 por asevere.
Este documento, intitulado 'Espondilolistese', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Espondilite anquilosante
Estafilococo