Sepse severa - Definição

Novembro 2017


Definição de sepse severa

A sepse severa é definida como uma síndrome infecciosa grave, consequência de uma infecção generalizada que se propaga do local de origem da infecção para a totalidade do organismo por via sanguínea. Para entrar na definição de sepse severa, deve haver uma queda da pressão arterial, ou uma falência de um órgão como consequência à baixa da perfusão que se inicia. O órgão afetado pode ser o cérebro e se manifestar por sinais neurológicos como transtornos de consciência, uma parada na eliminação urinária indicando um sofrimento dos rins, um estresse respiratório, um sofrimento renal, entre outros sinais. Os critérios clínicos e biológicos são descritos para definir a presença de uma sepse severa. O cuidado é urgente e requer tratamento das diferentes falências dos órgãos, mantendo perfusão adequada e identificação da infecção e o seu tratamento. A evolução pode levar a um choque séptico.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 17 de janeiro de 2016 às 22:40 por Joana.Saude.
Este documento, intitulado 'Sepse severa - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.