Como recuperar o desejo sexual

Novembro 2017

A maioria dos sexólogos garante que toda a reconciliação de um casal com a libido em baixa é possível. Para tanto, é preciso seduzir, surpreender, renovar o amor com viagens e brincadeiras, aprender (ou reaprender) a generosidade, o mistério e a criatividade a dois. Todos esses elementos podem ajudar o casal a manter o desejo em alta mesmo com o passar dos anos.


Conselhos para recuperar a libido

Quando o desejo entre o casal foi perdido ou reduzido, a única forma de recuperá-lo é atuando junto, com os dois dando um pouco de si para que a relação melhore. Para isso, é necessário diálogo e compreensão acima de tudo. O casal deve reduzir o tempo de outras atividades, como assistir televisão ou ficar na internet, para ficar junto e dedicá-lo à sexualidade. Para tanto, o homem deve dividir as tarefas de casa com sua mulher e, em casais com filhos, reservar algumas saídas sem as crianças.

Para aumentar o desejo do parceiro, os dois devem se arrumar e perfumar como forma de sedução, não hesitar em executar números românticos e sexuais e mudar o local da relação, seja em partes alternativas da casa ou em outros ambientes. Na cama, pratique massagens, abuse da sensualidade, utilize brinquedos e jogos sexuais se os dois estiverem de acordo e teste novas posições. Segundo a preferência de cada um, também não deixe de falar o que der vontade e aumente a libido do parceiro. Não deixe de se exprimir e fale do que você gosta na hora do sexo (posições, carinhos e lugares).

Momentos de separação

É importante não viver sempre colado um com o outro. Saia sozinho(a) com amigos e amigas. Em alguns casos e, se a condição financeira permitir, tenha cada um o seu quarto dentro da casa ou um banheiro próprio para momentos de privacidade maior dentro da casa.

Frequências das relações sexuais

A qualidade das relações sexuais não é medida pela quantidade e frequência. Não existe um ritmo sexual considerado normal. Alguns casais transam com mais frequência e outros menos sem que isso afete sua satisfação. O importante é saber se as duas partes da relação estão satisfeitas com o número de relações e, dentro também de suas preferências, conceda um aumento ou diminuição na quantidade.


Muitas vezes, os casais levam mais em consideração a intensidade da relação do que sua frequência. Às vezes, a mídia transmite uma ideia distorcida sobre a importância da frequência das relações e da performance tanto do homem quanto da mulher e gera sentimentos de culpa e incapacidade entre o casal. Não ligue para isso, o importante é que os dois estejam satisfeitos.

Foto: © lenetstan - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 14 de março de 2017 às 14:01 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Como recuperar o desejo sexual', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.