Oxiúros: causas, sintomas e tratamento

Dezembro 2017

Os oxiúros são parasitas do trato intestinal que medem aproximadamente um centímetro. Eles afetam principalmente crianças, idosos e pessoas com transtornos psiquiátricos. Os oxiúros entram no tubo digestivo através dos alimentos e do contato da unha infectada com ovos do oxiúros com a pele.


Como se pega o oxiúros

Uma vez ingeridos pelo paciente, os ovos do oxiúros se transformam em adultos e colonizam o aparelho digestivo. Na sequência, as fêmeas colocam seus ovos próximos ao ânus, favorecendo a infestação, especialmente em crianças que têm por hábito colocar os dedos na boca. A infecção recebe o nome de oxiurose.

Transmissão do oxiúros

Depois de infectar uma pessoa, o oxiúros pode ser transmitido para outras por meio do contato direto. Além disso, é possível detectar a presença de larvas do parasita em toalhas, roupas de cama e objetos da casa de pacientes com a doença, o que eleva o risco de contaminação dos demais moradores.

Sintomas dos oxiúros

Um dos principais sintomas da oxiurose é a coceira no ânus, sobretudo à tarde e à noite. Ao coçar, o paciente corre o risco de reingerir os ovos ou contaminar pessoas próximas. Crianças infectadas também têm dificuldade para dormir. Esses transtornos se associam a quadros de fadiga, inquietude e irritabilidade em consequência das noites mal dormidas.

Diagnóstico dos oxiúros

O diagnóstico da presença de oxiúros é feita pela observação dos ovos nas fezes e retirada de amostras da região do ânus. A observação microscópica da amostra permite encontrar os parasitas. Esse tipo de teste é realizado quando o paciente se queixa de coceiras anais. Os oxiúros também podem ser observados a olho nu movendo-se pelo ânus. Um exame de sangue também permite o diagnóstico através da presença de polimorfonucleares eosinófios, um tipo de glóbulo branco.

Tratamento do oxiúros

O tratamento contra os oxiúros deve ser completo. É necessário erradicar as larvas para evitar a reinfecção permanente. Todos os moradores da casa com uma pessoa infectada devem passar pelo tratamento já que podem ter sido contaminados, mas ainda não apresentarem sintomas e correm o risco de, posteriormente, reinfectarem o paciente já tratado.

Remédios para oxiúros

Os medicamentos devem ser tomados em apenas uma dose, que deve ser repetida após duas semanas para eliminar a totalidade das larvas do oxíuros.

Tratamento caseiro do oxiúros

A hortelã pode ser usada para o tratamento caseiro do oxiúros. Para isso, ferva 300 mililitros de leite desnatado com 10 folhas de hortelã. Adoce com mel e beba o líquido em jejum. Repita o processo sete dias depois. Além disso, vinagre de maçã e alho também auxiliam no combate aos oxiúros.

Prevenção do oxiúros

Mais importante do que qualquer tratamento - medicamentoso ou natural - é prevenir a infecção pelo oxiúros com a adoção de medidas simples de higiene, tais como lavar as mãos após as refeições e ao chegar em casa, lavar os alimentos corretamente, ferver a água antes de consumir e manter as unhas bem cortadas.

Foto: © Teeramet Thanomkiat - 123RF.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 9 de maio de 2017 às 09:55 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Oxiúros: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.