Aparelho digestivo: anatomia e funções

Novembro 2017

O aparelho digestivo é um sistema complexo que tem uma função importante na absorção de nutrientes indispensáveis ao organismo. Como funciona exatamente o aparelho digestivo?


Anatomia do aparelho digestivo

O aparelho digestivo é composto por diversos órgãos que têm a função de transformar os alimentos para a assimilação correta do organismo. Entre os órgãos do aparelho digestivo encontramos um tubo composto por duas extremidades: a cavidade oral, ou seja, a boca, por onde são ingeridos os alimentos, e a anal, por onde são evacuados os resíduos alimentares. Internamente, esse tubo é composto por esôfago, estômago, intestino grosso ou cólon, intestino delgado e reto. Há, ainda, outros órgãos envolvidos nesse processo, como o fígado, a bile o pâncreas e as glândulas salivares.

Como funciona o aparelho digestivo

A mastigação dos alimentos

Os alimentos, ingeridos pela boca, são mastigados e encaminhados ao esôfago. Com a ajuda da saliva e dos dentes, que trituram os alimentos, forma-se o bolo alimentar, composto também por elementos químicos da saliva.

Deglutição

O mecanismo de deglutição assegura o trajeto correto dos alimentos pelo esôfago, assim que o bolo alimentar é formado. Esse processo ativa a sincronização de diversos sistemas, entre eles a língua, o palato e a faringe. Na sequência, o esfíncter esofágico inferior, que atua como uma válvula, transporta o alimento para o estômago.

Passagem dos alimentos pelo estômago

Situado entre o esôfago e o duodeno, o estômago desempenha duas funções essenciais: retenção do bolo e digestão química dos alimentos. Também digere as proteínas e é responsável pela absorção de vitamina B12, essencial para a maturação dos glóbulos vermelhos. Algumas glândulas do estômago permitem a degradação do bolo, que, unido a ácidos gástricos, transforma os alimentos em um líquido chamado quimo, levado ao intestino delgado.

Intestino delgado: absorção de substâncias nutritivas

O intestino delgado é composto pelo duodeno, jejuno e íleo. Nesse local, os nutrientes do quimo são expostos a enzimas produzidas pela pâncreas e bile para que o corpo absorva as substâncias nutritivas. A água e outras substâncias indissolúveis, como aminoácidos, glicose, frutose, vitamina C e vitaminas do grupo B passam para a corrente sanguínea, ao passo que as lipossolúveis (vitamina A, D, E, K) e lipídios são absorvidos por via linfática.

O cólon: rejeitos e absorção de água

O cólon, que é a última parte do aparelho digestivo, é responsável por eliminar restos, absorver a água, manter o equilíbrio dos fluidos e a absorção de algumas vitaminas pelo corpo. Os restos alimentares, transformados em fezes, passam pelo cólon e chegam ao reto.

Evacuação das fezes pelo reto e ânus

As fezes passam pelo reto, onde são acumuladas antes de defecação, induzida por um mecanismo de reflexo.


Foto: © Alila Medical Media- Shutterstock.com
Artigo original publicado por sante-medecine. Tradução feita por Natali_CCM. Última modificação: 27 de outubro de 2017 às 09:48 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Aparelho digestivo: anatomia e funções', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.